Slash: Falsa reconciliação com Axl foi barrigada de jornal sueco

Slash-Frasse

A imprensa musical mundial – incluindo este veículo – criou grande alvoroço a partir da madrugada de sexta-feira passada, [21 de agosto] para a manhã de ontem, quando começou a circular pela net um vídeo no qual o guitarrista bretão SLASH é entrevistado por um repórter sueco – FRASSE LEVINSSON – e verbaliza quando perguntado sobre o suposto fim do longamente destilado mal-estar com seu antigo colega de banda, W. AXL ROSE:  “Provavelmente já tinha passado da hora, sabe? Mas é muito legal, a essa altura, dissipar toda aquela coisa negativa que estava rolando por tanto tempo.”

Foi o que bastou para que sites do mundo inteiro – e mais uma vez, nos incluímos nesse grupo – divulgassem que a arenga entre dois integrantes-chave da banda de hard rock mais icônica dos últimos 30 anos havia enfim se findado.

Como já era de se esperar, os fóruns criados por fãs da banda e que estão espalhados e em plena atividade por toda a web começaram a ver, rever e analisar ao vídeo e não demorou muito para que certas suspeitas começassem a levantar certo odor de enxofre vindo do vídeo postado pelo site Aftonbladet, que é o portal online de um tradicional jornal de Estocolmo.

Conforme dito ontem, Slash estava na Suécia pela terceira vez esse ano de modo a participar de uma jam com uma banda local [Graveyard] na festa de lançamento do primeiro modelo de smartphone da marca MARSHALL quando concedeu entrevista à publicação. Suas respostas são totalmente autênticas e genuínas, do ponto de vista técnico-pericial, mas um detalhe chama a atenção de quem prestar um pouco mais de atenção ao edit final do vídeo.

Logo após o Levinsson [teria ele família em Goiás?] perguntar “Eu ouvi que você fez as pazes com Axl Rose. Como é que isso foi possível depois de todos esses anos? “, há um corte ‘seco’, como se diz no jargão jornalístico, sucedido pela resposta de Slash, o que sugere que a entrevista não foi publicada na íntegra e o resultado final induz a erro de interpretação. Ainda que não tenha havido dolo por parte do editor, algumas hipóteses podem ser lançadas sobre o caso:

_ O repórter foi repreendido ou corrigido pelo ex-VELVET REVOLVER ao indaga-lo sobre sua reaproximação de Rose [afinal,  fora a ida de Slash à casa de Axl em uma tentativa – fracassada – de falar com o vocalista anos atrás, ninguém nunca comentou nada sobre algum episódio do tipo] e o entrevistador então pode ter se referido à aparição do guitarrista no programa “This Morning”, da rede televisiva estadunidense CBS em maio passado; à ocasião, Slash promovia o clipe de ‘Beneath The Savage Sun’ e acabou sendo perguntado pela apresentadora sobre uma eventual reunião da formação clássica do GN’R, e respondeu “Nunca diga nunca. É uma dessas coisas que é falada por todos, menos nós, pelos últimos 18 ou 19 anos” Quando a anfitriã insistiu no tema, querendo saber se Axl participava dessas discussões, ele mandou: “Bem, nós não nos falamos há muito tempo, mas boa parte da tensão já se dissipou. Nós não temos mais esses problemas. Não há muita controvérsia. É algo mais perpetuado pela mídia, mais do que qualquer outra coisa.”

Quando o imbróglio com o sueco se desfez, Slash respondeu como respondeu, o editor não quis perder tempo fazendo um adendo ou incluindo a explicação em off, e simplesmente colou um trecho com o outro.

_ O entrevistador em questão conhece a trajetória da banda e a volatilidade do tema [pouco provável, pois fosse ele admirador do grupo, já saberia que não se faz tal pergunta a Slash] e conduziu o papo de modo que pudesse realizar, dolosamente, uma edição tendenciosa, gerando repercussão mundial. Mais uma vez: pouco provável.

Tudo então leva a crer que não foi dessa vez que o inferno congelou, e que a trompeta do apocalipse ouvida por uns foi apenas o apito da usina açucareira mais próxima – e que ainda teremos que aguentar a voz de MYLES KENNEDY por muito tempo ainda. Ou outro DJ Ashba.

Espera-se que Slash manifeste-se sobre o ocorrido muito em breve. Algum leitor conhece algum parente de Levinsson em Goiás, de modo a quem sabe elucidar esta história?

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: