Kerry King: Guitarrista desdenha da qualidade dos guitarristas atuais

O roliço guitarrista do SLAYER, KERRY KING, afirma que há uma total falta de ídolos da guitarra na cena da música pesada, e que vários dos músicos de hoje não tem a ‘vibe’ necessária para inspirar aos outros.

Disse ele ao LA Weekly em uma nova entrevista: “Ao longo da década antes do SLAYER e na década seguinte, havia heróis da guitarra…Ted Nugent, Eddie Van Halen, Randy Rhoads, Dave Murray, Glenn Tipton, Tony Iommi. Depois, teve Yngwie Malmsteen, você tinha caras nos anos 90 como Zakk Wylde e Dimebag Darrell… gente que você seria ser igual. Estávamos em um festival na América do Sul alguns anos atrás e estávamos vendo um sinal em vídeo de uma banda que estava tocando no palco. Eu estava olhando pra tela e não entendia o porquê de aquela banda ser popular. Eu chamei Gary Holt pro lado, apontei pra tela, e perguntei, ‘Hey, Gary, você gostaria de ser como esses caras? ’ Ele disse, ‘De jeito nenhum’. Era porque eles eram os guitarristas mais chatos e letárgicos que eu já tinha visto. Eu nunca iria querer ser como eles. Eu fico olhando pra muitas dessas bandas e parece que é a equipe técnica passando o som. Não tem alma. Não há nada que te inspire a ser muito bom. ”

kerrysujo

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: