Runaways: Lita Ford saiu da banda por medo de amassar o bombril

Lita_Ford_at_Jones_Beach_2012_05

Conforme tem se noticiado essa semana, LITA FORD enfim publicou sua autobiografia, “Living Like A Runaway” [ainda sem título ou previsão de edição em português], onde distribui farto repertório de histórias pregressas de sua vida nos estúdios, estrada e alcova.

Dentre algumas passagens contadas por Lita sobre a banda que a catapultou ao sucesso, THE RUNAWAYS, ainda nos anos 70, ela conta que foi persuadida pelo [agora finado] produtor KIM FOWLEY a entrar no grupo, que também contava com a guitarra-base JOAN LARKING, a quem Fowley rebatizou como JOAN JETT.

À medida que a banda ia ensaiando, lita notou que Jett e a vocalista CHERIE CURRIE “estavam sempre juntas e se acariciando, não de um modo que duas amigas fazem, mas de maneira romântica. ”

Lita-Ford-the-runaways-20076524-500-449

Quando ela ficou sabendo que todas, à exceção de uma, de suas colegas de banda eram homossexuais, ela saiu do projeto, achando que “uma das meninas poderia dar em cima de mim. ”

Durante o mês seguinte, entretanto, ela teve pesadelos diários sobre as Runaways atingindo o estrelato sem ela. Ela acabou por voltar ao grupo e agora considera sua posição à época como “ignorância de juventude”.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: