Há 26 anos: Izzy apanhava e Axl arregava para Vince Neil, do Mötley Crüe

O VMA – cerimônia de premiação anual promovida pelo canal MTV – de 1989 tem um episódio de pugilato em seus registros que marca uma forte analogia com a cena musical da época.

Foi à ocasião que o vocalista do MÖTLEY CRÜE, VINCE NEIL, mandou um pombo sem asa no então guitarrista da então banda GUNS N’ ROSES, IZZY STRADLIN.

O vídeo de ‘Sweet Child O’ Mine’ concorria em duas categorias, e acabou ganhando apenas no quesito ‘Melhor Vídeo de Metal’, e curiosamente, quem entregou o troféu foi o Mötley Crüe, e recebido por apenas dois integrantes do GN’R: DUFF MCKAGAN e um STEVEN ADLER mais louco que o Lobão 1986. Enquanto três dos membros do Crüe eram só afagos com os amigos do GN’R [lembremos que Adler estava presente à overdose que quase matara a NIKKI SIXX alguns meses antes], Neil amargava fel na língua.

Algumas semanas antes, sua esposa SHARISE havia sido agredida verbal e fisicamente por Izzy Stradlin em uma casa noturna de Los Angeles, o Cathouse Club, quando ele estava em turnê promovendo o CD ‘Dr. Feelgood’ com a banda. Ela, claro, contou tudo para o marido pelo fone, o que desencadeou a casa de caboclo armada por Neil no VMA.

Neil avistou a Stradlin na coxia e ordenou a seu segurança que mandasse sua limusine o esperar de motor ligado na porta lateral do teatro onde se realizava o evento, e dirigiu-se até o guitarrista, tudo isso enquanto o músico assistia a seu colega de banda, W. AXL ROSE, cantar ‘Free Fallin’ com TOM PETTY. Ao se aproximar, Neil, mandou a fita:

‘Você bateu na minha mulher! ’

‘ E daí? ’, respondeu Izzy, antes de tomar um trampesco na cara e cair ao chão. Vince foi então interpelado por seu segurança e pelo vocalista do SKID ROW, SEBASTIAN BACH, que tentou devolver-lhe uma pulseira de ouro que havia caído com o golpe. Logo depois, Axl Rose correu em direção a Neil, que já era arrastado pela segurança para fora da casa antes que a polícia chegasse [Vince tem uma looonga capivara…], e a cena se desfez com brados de Rose dizendo ‘Vamos lá, filho da puta, eu vou te matar’.

Depois disso, nos meses seguintes, Axl atacaria a Neil na mídia em toda a oportunidade que pudesse, intimando-o para um tipo de duelo, que, segundo Vince, foi aceito, mas Axl nunca apareceu.

Na autobiografia do grupo, ‘The Dirt’, de 2001, Vince afirma: ‘A oferta ainda está de pé. ’

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: