Kisstardados, Gozai: ‘Kissology 4’ terá material 4K da Asylum Tour

Kiss3

O jornalista finlandês MARKO SYRJALA entrevistou recentemente ao atual guitarrista empregado da banda estadunidense KISS, TOMMY THAYER [ex-BLACK N’ BLUE] durante uma passagem da banda pela Europa. O que segue abaixo é a tradução livre de alguns trechos da longa conversa.

 […]

Vocês não lançaram um disco novo, mas há pouco lançaram uma nova música, “Samurai Son”. Me fale mais sobre tal projeto e a música em si.

O Kiss, como banda, ainda precisa fazer coisas novas. Nós sempre precisamos de ideia diferentes, frescas e interessantes. Pensar fora da caixa é o que eu realmente quero dizer. Há um grupo japonês muito famoso chamado Momoiro Clover Z. Eu não sei exatamente como rolou a coisa toda, mas Paul e nosso produtor, Greg Collins, compuseram uma música, e daí se reuniram com o MCZ e a concluíram. Gravamos um vídeo matador para ela em Las Vegas no mês de novembro do ano passado. O MCZ foi do Japão até lá e passamos o dia todo gravando. Foi muito legal, muito interessante e diferente para nós. Não gravávamos um clipe fazia anos. As garotas eram divertidas e tinham excelentes personalidades. Ficou claro o porquê de essas moças estarem na banda e porque elas são tão famosas. Foi uma coisa legal e diferente de se fazer. A maioria das pessoas amou, claro. Mas alguns céticos perguntaram, ‘O que diabos vocês estão fazendo? ’ Nós, obviamente, não fazemos as coisas baseados no que tais pessoas pensam.

[…]

Kiss1

A banda causou muita controvérsia quando tocou ‘Samurai Son” no Japão com backing tracks. Você quer comentar algo a respeito?

Teve uma noite que tentamos porque a música tinha todas essas partes e sons na gravação. Nós sempre tocamos como uma banda, só nós 4. Nós não saímos por aí como muitas bandas e artistas que têm backing tapes ou vocalistas nas coxias ou teclados, e coisas do tipo. Nós não fazemos isso de jeito nenhum.

Tal como você disse, há muitas bandas fazendo essas coisas, e o Kiss já esteve em turnê com bandas que usam muitas backing tracks, mas agora desceram o pau em vocês por causa de uma tentativa?

Como eu disse, não é do nosso feitio. Algumas bandas, elas fizeram excelentes discos, mas é quase impossível reproduzi-los ao vivo e é essa a questão. É o desafio, eu entendo isso.

[…]

Eu tenho certeza de que você terá uma resposta para a próxima pergunta, que é sobre o KISSOLOGY IV. Isso vai sair algum dia ou não?

Eu posso responder a isso com total propriedade. Eu tenho trabalhado no Kissology IV já há vários anos. 80% dele está pronto, mas ainda precisa de algumas atualizações e acréscimos. Eu sei que vai ser lançado eventualmente, mas eu não sei a data.

E em qual ano? [risos]

Eu não posso dizer, eu simplesmente não sei. Todo mundo vai ter que esperar um pouco mais, mas vai valer a pena. Tem muita coisa boa já pronta.

Você pode nos dar alguns detalhes disso, que coisas e o que será incluído no próximo Kissology?

Eu acho que é importante que os DVDs da série cubram uma gama bem vasta, obviamente que é meio cronológico. Então o Kissology IV seria geralmente baseado nos últimos 10 ou 12 anos. O Kissology III acaba em que ano?

Eu acho que seria até 1999.

Sim, então seria daquele período até hoje. Você também pode contar com muita coisa boa das antigas, raras que as pessoas não viram muito.

kiss2

Algum dia veremos shows de alta qualidade de som e imagem dos anos de 1982-1983?

Boa pergunta. Eu sei que há um show da turnê de ‘Asylum’ que foi filmado em película e está guardado ainda na lata, eu assisti ao material. Então eu estou apenas te dando um aperitivo. Você se lembra da turnê de Asylum?

Claro, foi uma turnê fabulosa.

Você se lembra daquela banda matadora de abertura?

Sim, se chamava Black N’ Blue ou algo assim? [risos]

Aqueles caras eram incríveis, eu não sei o que aconteceu com eles. Você tem que assistir ao VH1 para saber [risos]. Também há muitas imagens que foram filmadas no começo da turnê de Hot In The Shade. Talvez isso seja um pouco depois do período ao qual você se refere.

Mas vocês têm algum material utilizável da turnê de 1983?

De 83 seria a turnê de ‘Lick It Up’, ou você está falando também da de ‘Creatures’?

Ambas.

Eu trabalhei na edição de luxo de ‘Love Gun’ que incluía um material bônus, demos e coisas diferentes do tipo. Falamos sobre fazer uma edição de luxo de ‘Creatures Of The Night’, mas tivemos problema para achar material extra o suficiente. Algumas vezes há lacunas em certas épocas da banda nas quais você simplesmente não tem nada. Eu não sei porquê, mas eu não consegui achar coisa boa em quantidade o suficiente de qualidade decente pra isso. Então a ideia foi engavetada. O começo dos anos 80 foi um período de real transição para o Kiss, um período interessante da história da banda. […]

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: