Tristeza: homem tem que abdicar de seus discos para ir para asilo

86-year-old-forced-to-part-with-lifelong-collection-of-records

O octogenário cidadão neozelandês IAN MURRAY [belo nome! ] é o protagonista desta história que pode estragar o dia de muitos aqui.

Tendo acabado de se mudar para um asilo, o venerável cidadão agora tem que achar um lar para sua amada coleção de discos de vinil, simplesmente porque não há espaço para ela em sua nova morada.

Por enquanto, os discos estão sendo armazenados [muito mal] em um antigo teatro de sua cidade, a custo zero.

O advogado Tony Shaw está ajudando com a venda do acervo. “Aqueles discos representam todo seu patrimônio, então precisamos gerar um pouco de dinheiro de modo que ele adquira algumas coisas básicas na vida”, declarou Shaw ao site do canal 3News. A meta é vender toda a coleção ‘de porteira fechada’, preferivelmente para um comprador que tenha tanto prazer com os álbuns como Murray tem.

Murray comprou seu primeiro disco em 1939, aos 10 anos de idade, e eles têm sido uma obsessão em sua vida desde então. Sua coleção gigante cobre todos os estilos, do jazz ao rock e disco, mas seu gênero favorito sempre foi a country music.

Ian Murray with his collection of records, numbering well into the thousands.

Apesar de os jornais locais terem mencionado o total de volumes como sendo de 5 mil, em um vídeo com o jornal The Timaru Herald, Murray sugere que, ‘por cima’, ter uns 10 mil discos. E a julgar pelas fotos, até os cálculos de Murray parecem modestos.

Para contactar a Tony Shaw, ligue (03) 687 7397. 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: