Tracer: ‘Nós inventamos um novo gênero no rock’

A banda australiana TRACER quer fazer história, no rock e na música. E está convencida de que seu terceiro álbum, ‘Water For Thirsty Dogs’, fará exatamente isso.

640x638

“Não queríamos repetir o que já foi feito antes”, insiste o vocalista e guitarrista MICHAEL BROWN. “Pra quê soar como o Led Zeppelin, Beatles ou Black Sabbath? Isso já foi feito antes. Só há um Beatles ou um Zeppelin, e graças a jeová por isso. Não precisamos de uma cópia de nenhuma das grandes bandas, porque o que as fez grandes, pra começo de conversa, foi o fato de serem únicas. E é isso que queremos ser. Copiar alguém não serve para nada. ”

Para Brown, ‘Water For Thirsty Dogs’ não é apenas o melhor álbum da carreira do Tracer, ele é um marco histórico em potencial.

“Eu acho que inventamos uma nova sonoridade para o rock, e podemos ter criado um novo gênero de rock – e você sabe o quanto a cena musical precisa desesperadamente que isso aconteça. Para mim, bandas como Mastodon, Royal Blood e Muse estão quebrando os limites do rock. Ouça a ‘Drones’, o novo álbum do Muse. É o tipo de coisa que o Queen teria feito hoje em dia caso ainda existisse. Eu gostaria de achar que nosso álbum pudesse ser posto na mesma categoria. Nós não soamos mais como essa ou aquela banda. Nós soamos como… bem, soamos como o Tracer. Eliminamos nossa zona de conforto, e agora queremos ser vistos como líderes de uma nova geração de música que empolgue no rock. ”

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: