Slayer: ‘Eu não pagaria para nos ver no Mayhem Fest’, diz Kerry

A tensão em torno de toda a turnê MAYHEM, tradicional festival itinerante de heavy metal dos EUA tem aumentado progressivamente. Depois do organizador KENIN LYMAN ter criticado as bandas mais velhas por não se esforçarem em ajudar a renovar a cena e tê-las classificado como ‘gordas, carecas e grisalhas’, o guitarrista de uma das integrantes do casting desse ano, KERRY KING do SLAYER, ficou deveras perturbado, a pesar do pedido de desculpas de Lyman.

Após ter vestido a carapuça e ter respondido a Lyman, King agora aponta para a [des]organização da Mayhem como fator preponderante para que ela não vá tão bem comercialmente:

“É uma afirmação bastante generalizada a dele e que basicamente joga a turnê na lata de lixo. É simplesmente… não é nem o beabá de como se conduzir negócios. É simplesmente louco. ”

Kerry, que nunca foi de se conter nas palavras, criticou pesadamente a edição da Mayhem 2015 – assim como as anteriores.

“Se eu sei que essa turnê não foi agendada do modo correto? Com certeza eu sei que essa turnê não foi agendada de modo correto. Gary Holt comentou que geralmente há o palco principal, um segundo palco, um terceiro palco e daí tem aquele palquinho vagabundo de merda… agora eles colocaram um palco secundário que na verdade é um dos vagabundos e estão se perguntando porque é que as pessoas não estão aparecendo. Eu acho que esperaram demais e acho que todo o talento que poderia estar nessa turnê foi tocar na Europa. Porque não tem mais ninguém em turnê por aqui. É fácil encher esses palcos, mas eu acho que eles queriam um outro preço para o ingresso, tiraram os segundo e terceiro palcos, os quais eu acho que tinham grande valor. Para mim, a banda principal de um segundo palco é o Anthrax, o Machine Head… seja lá quem fez isso, cometeu um erro gigante. ”

Quando perguntado se o Slayer estava na posição de ter que carregar a edição desse ano da Mayhem nas costas mais do que o fizeram nos anos anteriores, ele pareceu concordar:

“Sem os palcos extras, é basicamente um show do Slayer mais incrementado. Deixa que eu coloque da seguinte maneira: ano passado, o Slayer, o Suicidal Tendencies e o Exodus tocaram no Eagles Ballroom em Milwaukee e lotamos o lugar. A Mayhem passou por aqui 10 dias atrás e não lotou. Esse é meu argumento. ”

King encerrou com mais um lamento a respeito do que está faltando na Mayhem desse ano se comparada às edições anteriores: “Eu entendo, do ponto de vista de um fã. Eu não gastaria dinheiro para vir ver isso tampouco. Quando perguntado se essa seria a última vez que os fãs veriam o Slayer no Mayhem Fest, ele mandou: “Essa pode ser a última vez que há um Mayhem Fest. ”

 

king

 

 

Um pensamento sobre “Slayer: ‘Eu não pagaria para nos ver no Mayhem Fest’, diz Kerry

  1. Pingback: Slayer: ‘Kerry só fala merda e cobra por fotos’, diz colega de tour | playadelnacho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: