Sebastian Bach: vocal tem 2 siricuticos na mesma noite e age como cretino

O vocalista bahamense SEBASTIAN BACH [ex-SKID ROW – e esse ‘ex’ é daqueles que se pode reforçar bastante ao se mencionar, porque haverá paz no Oriente Médio antes de a banda de Nova Jérsei aceitar ele de volta] protagonizou outro episódio de diva na última sexta-feira, dessa vez em Pittsburgh, onde ele se apresentava com sua banda solo no Altar Bar, para cerca de 600 pessoas [capacidade próxima à do Manifesto Bar em São Paulo, e aproximadamente metade – ou menos – do Carioca Clube, também na capital paulista].

SB_July_5_2015_F3

Durante a abertura, com ‘Slave To The Grind’, o microfone de Bach não estava funcionando direito, o que causou o primeiro incidente da noite. A banda estava a todo vapor, mas Bach padecia com o microfone e fazia sinais com as mãos para que a equipe resolvesse tudo o quanto antes. Um membro da trupe deu a ele um segundo microfone, que aparentemente não funcionava perfeitamente tampouco. Como ele, aos 47 anos de idade, procedeu? Plantou o microfone no chão e saiu andando para fora do palco.

Ele retornaria ao palco eventualmente, e seguiria com o set, que prometia ser permeado de clássicos do Skid Row. De acordo com os fãs, ele estava mandando muito bem, até que ele viu motivo para ter outro siricutico, o segundo da noite.

A certo momento da primeira música – da segunda tentativa – houve uma desinteligência entre Bach e uma fotógrafa à frente do palco, tudo porque ele concluiu que ela não estava no lugar certo. Um relato postado no Facebook por CHIP DI MONICK descreve o incidente com a profissional.

Ele fala em detalhes sobre Bach usando de violência contra sua esposa, SHARON. Parece que Sharon era fotógrafa designada para o show, e de acordo com Monick e o blog de Sharon, ela possuía credenciamento da casa para registrar o show, cedido a ela pela gravadora de Sebastian, e posteriormente, pela equipe de segurança de Bach.

De acordo com o post de Sharon, no meio da música Sebastian veio de dedo em riste na direção dela, falando algo que tinha ‘trás’ no meio; ela, de pronto, achou que ele solicitava que a segurança [que se movimentou rumo a ela] acomodasse a plateia mais para trás, de modo que ninguém fosse prensado contra o palco. Ele estava, na verdade, ordenando aos cidadãos sem-estudo que a conduzissem para o setor traseiro da pista, porque ela ‘estava no lugar errado’. Ela mostrou suas credencias de ‘total acesso’ aos mesmos cidadãos, mas eles a levaram mesmo assim, mesmo com a moça não tendo oportunidade sequer de ordenar seu equipamento, o qual ela temeu perder durante a estupidez.

O marido e a filha de Sharon, presentes ao evento com alguns amigos, a seguiram, assim como vários dos presentes, enojados com a atitude cretina do ‘músico’, começaram a abandonar o local. Vale mencionar aqui que o blog de Sharon é voltado para a caridade, e ela não ganha dinheiro algum pelo trabalho que faz.

Sharon tirou uma foto, mostrada abaixo, do começo do piti de Bach, originalmente postada no site Helping Hands Rock Reviews.

Monick parece bastante contrariado com o que aconteceu com sua esposa, tanto que afirma ter tirado uma foto da bagagem de Bach, guardada perto da barraca de merchandise – onde se pode ler o endereço pessoal, o telefone fixo e o email do vocalista em uma etiqueta – e ameaça postá-los online em breve.

O momento do ‘tirem essa fotógrafa daqui’ parece ocorrer na marca dos 6’30” do segundo vídeo dos dois postados mais abaixo.

O site de Sharon pode ser acessado no endereço helpinghandsrockreviews.com

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: