Músicos: categoria é altamente propensa a ter insanidade mental

Mais de 60% dos músicos já sofreram de depressão ou outros problemas psicológicos, revelou um estudo.

E para 71% que participaram da pesquisa conduzida pelo grupo de caridade Help Musicians UK, os altos e baixos de turnês foram u, fator contribuinte para seus problemas de saúde mental.

O jornal inglês Guardian afirma que muitos dos músicos pesquisados foram relutantes em procurar ajuda. Um artista anônimo diz: “Eu me sinto culpado ao pedir ajuda por algo que eu deveria saber lidar, uma vez que os problemas da questão são parte e parcela da carreira que eu escolhi seguir. ”

No mundo do rock, artistas que sofrerem de problemas de saúde mental recentemente incluem o frontman do CREED, Scott Stapp, o guitarrista do AFTER BURIAL Justin Lowe e o vocalista do EYEHATEGOD Mike Williams. Stapp teve um colapso nervoso bastante divulgado ano passado quando ele postou um vídeo no qual ele afirmara ser o alvo de uma conspiração do governo dos EUA.

Os problemas de Lowe também caíram nos ouvidos do povo, com seus colegas de banda depois relatando que ele estava ‘com estado mental bastante avariado’ e que sua família o estava assistindo.

O Eyehategod cancelou duas turnês no começo desse ano por Williams padecer de ‘sérios problemas de saúde mental’.

Isabella Goldie da Mental Health Foundation disse ao Guardian: “A imagem clássica de um músico em turnê seria contraintuitiva a tudo que sabemos sobre bem-estar. Beber moderadamente, evitar drogas, dormir o suficiente, e ter apoio sólido de amigos próximos e família por perto. Esses são os laços que ajudam você a se manter equilibrado – não é nenhuma surpresa que alguns músicos sofram.

“A música permanece sendo um dos empregos mais exaltados e cada apresentação ao vivo pode resultar numa sensação de euforia mental à qual pode ser muito difícil se ajustar – especialmente quando o status elevado que os músicos recebem é perdido de repente. ”

O colapso de relações pessoais como resultado da vida na estrada também é citado como uma forte causa de preocupação entre os músicos envolvidos no estudo.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: