Mötley Crüe: ‘Vou ser uma biscate velha depois do fim’, diz Tommy

Por Caroline Forst para o Huffington Post inglês

crue1

O baterista do MÖITLEY CRÜE, TOMMY LEE, diz que vai se sentir como um homem solteiro de novo quando a banda finalmente se retirar de cena no dia de réveillon.

Tommy, que é o baterista da banda desde 1981, disse ao jornal The Huffington Post que ele ficará muito feliz em ‘se prostituir’ para outras bandas que solicitarem seus serviços.

“Quando chegar dia 31 de dezembro, e não é como se nos divorciaremos, mas de certo modo, todos seremos solteiros de novo, eu vou ser uma biscate solteira, e poderia me prostituir. Se Trent Reznor me ligar e disser que precisa de um baterista para sua turnê, eu lá estarei. ”

A banda está anunciando sua despedida mais de três décadas de turnê e são tão enfáticos de que não é um golpe de publicidade que se prenderam a legalidades que impedem que uma reunião aconteça mais para frente.

“Não vou citar nomes, mas tem bandas por aí que ainda estão em sua última turnê”, ri ele cinicamente.

“Eu liguei para Mick Mars [sentado a seu lado] e disse, temos que nos certificar que há algum modo, e eu não ligo para qual seja, se tivermos que nos cortar num pacto indígena, como vamos dar legitimidade a isso, porque, de outro modo, todo mundo vai pensar, ah, eles vão voltar daqui a cinco anos, e não é o papo aqui, acabou de vez. ”

Felizmente, não foi necessária a automutilação, e, ao invés dela, pilhas de papelada firmaram a proposta. Como isso será mantido? Mick sorri: ‘financeiramente’.

Isso significa que o Mötley Crüe nunca mais pode sair em turnê, tampouco um membro da banda, sem os outros três, pode usar o nome para tanto.

Tommy explica essa decisão única: “Tínhamos que fazer algo de modo com que as pessoas acreditassem nisso. E as pessoas ainda dizem, ‘vocês vão voltar daqui a uns anos’, e respondemos, ‘Não, isso não vai acontecer’.

Mick emenda: ‘é meio que como quando sua namorada diz, ‘eu vou te deixar’, e você diz, ‘espere, espere’, e você não quer acreditar de fato. Mas nós estamos indo mesmo. ’”

MotleyCrue2

Mas então por que é que isso está acontecendo? Tanto Tommy como Mick admitem que seus empresários não estão muito felizes com a decisão. De acordo com Tommy, foi o caso de eles perguntarem à banda: ‘Vocês comeram merda? ’

Mas todos da banda estavam decididos. Tommy completa…

“Não haveria nada pior do que ver uma banda dessa magnitude tocar em cervejarias para 40 pessoas daqui a 10 anos. Trabalhamos duro demais para isso. Isso não foi algo decidido da noite para o dia. Mas tudo que nos propusemos a fazer, temos feito – nós viemos, vimos e botamos pra fuder. ”

E o que vem a seguir para estes músicos que se separam tão amigavelmente?

Para Tommy, um tempo de descanso, além de um desejo de fazer trilhas para filmes, além de receber ligações como aquela de Trent Reznor e cia. Mick deixa tudo em termos mais abstratos – “é basicamente como um homem rico descobrindo como é estar pobre de novo. Vai ser interessante. ”

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: