Lemmy: “Eu parei de fumar como um homem de verdade para”

O frontman do MOTÖRHEAD, LEMMY, admitiu que esteve ‘perto de morrer’ durante sua última cirurgia – e que foi o único momento no qual ele duvidou se sobreviveria a seus problemas de saúde ao longo de 2013.

Ele descreve sua vida como ‘inegavelmente menos prazerosa’ desde que foi obrigado a limpar seu estilo de vida. E ele se lembrou de como ele encarou seu último cigarro após 57 anos de tabagismo.

Aos 68 anos, ele passou boa parte do último ano recuperando-se de uma série de problemas de saúde que incluíram várias semanas no hospital depois de ele ter sofrido uma hemorragia interna. Ele já tinha sido submetido a uma desfibrilação para lidar com seu quadro cardíaco.

Lemmy disse ao site Lust For Life: “Durante minha última cirurgia eu fiquei perto da morte. Foi o único momento em que o diabo me perseguiu que eu tive receio. Eu imaginava se escaparia. Eu não tenho medo da morte – eu canto direto sobre ela. Então eu não estava tremendo na cama, mas eu realmente tinha a sensação de que eu não tinha chegado ao fim. Eu ainda queria fazer shows e gravar discos. Aquele sentimento me carregou ao longo disso tudo.”

Ele admite que a aparição do Motörhead no Hyde Park em julho passado o deixou inseguro. “Eu fui arrastado dos portões do inferno para fazer um show em frente de 95 mil pessoas. Um show é um show, mas esse era diferente. Eu chegaria até o fim, eu me perguntava. Mas depois eu me senti fantástico e não houve nenhum incidente até o fim de turnê.”

Ele foi forçado a abandonar seu característico Jack Daniel’s com Coca-Cola, apesar de ele ainda beber vodca ou vinho tinto às vezes. “Eu tive que aprender a passar com menos. A alternativa era a morte. Eu fumava desde os 11 anos de idade, então não estava pensando em acender meu último cigarro. Eu encarei isso como um homem de verdade – nada de emplastros ou pílulas foi na marra. Eu temia todo tipo de feito colateral, mas não notei nada.”

Lemmy recentemente anunciou que o Motörhead planeja começar o trabalho em seu vigésimo-segundo disco em janeiro. Ele reflete: “Fisicamente, eu não sou o mesmo de antes. Há um longo caminho a percorrer – mas eu me sinto mais fortalecido a cada dia.”

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: